Serviços Repórter Parintins

Tratamento do sarampo no Amazonas foi destaque em congresso

Tratamento do sarampo no Amazonas foi destaque em congresso Foto: Divulgação Notícia do dia 01/12/2018

Trabalho sobre o fluxo de atendimento de crianças com sarampo desenvolvido pelo Hospital Infantil Dr. Fajardo, unidade da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), foi destaque no 70º Congresso Brasileiro de Enfermagem, realizado na cidade de Curitiba (PR).

 

Desenvolvido pela gerente de enfermagem da unidade, enfermeira Blenda Bandeira, o trabalho relata toda a experiência dos profissionais do hospital, de fevereiro a agosto deste ano, com o acolhimento de pacientes com suspeita de sarampo, desde a organização do fluxo, o tipo de isolamento, a admissão, alta e acompanhamento após a alta.

 

O trabalho apresentado por Blenda no congresso, entre 13 e 16 de novembro, teve como tema “Fluxo de atendimento de pacientes pediátricos com casos de suspeita de sarampo”. Em meio ao surto de sarampo, o Hospital Infantil Dr. Fajardo, localizado no Centro de Manaus, tornou-se uma das referências para casos da doença, passando por adequações em suas instalações e treinamento de equipe.

 

“Foi uma grande honra representar o Amazonas e mostrar o trabalho sério que todos do hospital realizaram para atender as crianças com suspeita de sarampo. A direção da unidade, que trabalhou muito para garantir a melhor estrutura para esses pacientes, também sempre incentiva os servidores a continuarem estudando e buscando soluções para melhorar o serviço”, declarou Blenda, que teve ainda outro estudo apresentado no congresso, desta vez relacionado a atuação dos discentes de enfermagem no estágio supervisionado.

 

O Hospital Dr. Fajardo tornou-se unidade referência para atender casos de crianças com suspeita de sarampo em março, juntamente com outras unidades da rede estadual em Manaus. A partir de outubro, os prontos-socorros passaram atender os casos e  passaram a orientar o isolamento domiciliar dos pacientes, e não mais o hospitalar. 

 

Queda - As notificações de novos casos de sarampo seguem em declínio no Amazonas. De acordo com a 34ª edição do Boletim Epidemiológico do Surto de Sarampo, divulgada na sexta-feira (23/11) pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS), órgão da Susam, na última semana epidemiológica, que vai de 3 a 10 de novembro, foram notificados apenas 10 casos da doença.

Serviços Repórter Parintins