Ufam aprova Plano de Biossegurança da Universidade

Ufam aprova Plano de Biossegurança da Universidade Arte: Divulgação/Ufam Notícia do dia 16/07/2020

Por Márcia Grana

 

Manter distância de, no mínimo, 1,5 metro entre as pessoas nos ambientes administrativos e acadêmicos; a priorização da forma remota para a realização de reuniões e ações pré-agendadas e atendimento ao público externo, além do estabelecimento de uma rotina de aferição da temperatura dos servidores em todas as Unidades Acadêmicas estão entre as diretrizes do Plano aprovado. As informações são da Ascom Ufam.

 

Membros do Conselho de Administração (Consad), do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) e do Conselho Universitário (Consuni) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) aprovaram o Plano de Biossegurança da Universidade. As reuniões dos Conselhos foram realizadas nos dias 15 de junho (Consepe), 24 de junho (Consad) e nos dias 13 e 14 de julho (Consuni).

 

Voltado para a preservação da vida dos integrantes da comunidade universitária e dos visitantes externos da Universidade, o Plano de Biossegurança da Ufam é o documento que reúne as recomendações que a comunidade universitária deverá seguir para atenuar a propagação da Covid-19 no âmbito da Universidade, além de respaldar a Administração Superior quanto às medidas a serem adotadas para um retorno seguro das atividades universitárias presenciais.

 

Entre as diretrizes estabelecidas estão a utilização obrigatória de máscara no ambiente universitário, o reforço na higienização dos veículos institucionais e o escalonamento de frequentadores dos estabelecimentos que ofertam serviços de alimentação, como Restaurantes Universitários e lanchonetes.

 

Compromisso com a coletividade

O reitor da Ufam, professor Sylvio Puga, destaca que não serão medidos esforços administrativos e acadêmicos para a preservação da saúde coletiva. “O Plano de Biossegurança da Ufam, aprovado em todos os colegiados superiores, Consad, Consepe e Consuni, representa nosso compromisso institucional com a questão da biossegurança que, doravante, será intrínseca ao cotidiano do ensino, da pesquisa e pós-graduação, da extensão e das demais atividades da Ufam. Ao mesmo tempo, ressalto que a responsabilidade individual é muito importante para que a saúde de todos seja mantida. Nesse sentido, todos os membros da comunidade devem ler o Plano de Biossegurança, que será disponibilizado em breve, para que conheçam as novas regras, as ações que podem ou não podem ser efetuadas daqui para frente na Ufam, tendo em vista a preservação da saúde da coletividade”, declarou o reitor.

 

Comissões locais de Biossegurança

As orientações gerais do Plano de Biossegurança deverão ser adequadas às especificidades de cada unidade. Pró-Reitorias, Unidades Acadêmicas, Órgãos Suplementares e demais setores devem nomear sua Comissão Local de Biossegurança (CLBio-Unidade). A adequação do Plano de Biossegurança para sua Unidade, a supervisão do cumprimento das ações do Plano de Biossegurança, a solicitação, em tempo hábil, dos recursos materiais associados ao enfrentamento da pandemia e a participação e acompanhamento do planejamento para o retorno das atividades presenciais estão entre as responsabilidades da CLBio-Unidade que, junto com o dirigente do departamento, deve sempre considerar as orientações do Plano de Biossegurança Institucional.

 

Planejamento Institucional - próxima etapa

A partir de agora, membros do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade (Consepe/Ufam) trabalham na elaboração de um novo calendário acadêmico.

 

Acesse as reuniões dos Conselhos Superiores da Ufam  sobre o Plano de Biossegurança Institucional:

 

Consuni 13 de julho manhã https://youtu.be/QX05WYxZu_A

Consuni 13 de julho tarde https://youtu.be/aT4peRYH5-0

Consuni 14 de julho manhã https://youtu.be/djS_2-pJMls e https://youtu.be/TkyKEcmO0Bc

Consuni 14 de julho tarde https://youtu.be/ZxF4xwu_540

Consad https://youtu.be/pVs4eaHdeGE

Consepe https://youtu.be/Kh6YxDgqyww

 

Fonte: Ufam

Tags:
-->