Serviços Repórter Parintins

Acusado de tentativa de homicídio contra empresário em Parintins se apresenta à Polícia

Acusado de tentativa de homicídio contra empresário em Parintins se apresenta à Polícia Foto: Marcondes Maciel Notícia do dia 06/11/2018

O acusado de tentativa de homicício que teria esfaqueardo no braço o empresário Jean Alencar, irmão da vereadora Maria Alencar (PSD), Eder Bruno Cecílio Machado, se apresentou, acompanhado de seu advogado, na segunda-feira, 5 de novembro, na Delegacia Interativa de Polícia (3° DIP) para prestar depoimento sobre o atentado contra a vida do empresário.

 

Detalhes do depoimento não foram revelados, pois o crime ainda será melhor estudado pelo delegado.

 

“Os advogados do acusado mantiveram contato a Polícia Civil e apresentaram o seu cliente (Éder Bruno) durante o dia de ontem (segunda-feira), para que prestasse esclarecimentos a respeito do crime que ele praticou. Devido a falta da existência do Estado de flagrância, o acusado não pode ser mais preso, porém foi indiciado pela Polícia”, explicou o investigador Erison Coelho.

 

O agente policial Erison Coelho esclareceu que o crime por ele praticado (acusado) ainda será melhor estudado pelo delegado de polícia, pois ele pode responder tanto por uma lesão corporal, como uma tentativa de homicídio. Se será a lesão corporal homicídio tentado, isso vai depender do laudo pericial que estamos aguardando.

 

“É o laudo pericial que vai definir a gravidade da lesão produzida. Caso a lesão tenha causado perigo de morte a vítima, ele responderá por tentativa de homicídio. Agora a Polícia Civil terá 30 dias para terminar o inquérito policial e encaminhado à justiça”, concluiu o investigador.

 

O Crime

O empresário Jean Alencar foi esfaqueado no braço quando trafegava em uma motocicleta na sexta-feira (02) pela rua Cordovil, centro, próximo a sua panificadora que fica localizada ao lado da Escola Estadual Alvaro Maia, socorrido por populares e levado em um carro ao hospital Jofre Cohen.

 

Segundo famíliares, a causa da tentativa de homicidio pode ter sido por motivo passional, pois Eder Bruno e ex-namorado da jovem que atualmente namora o empresário. Em decorrência de ciumes, por não aceitar o fim do relacionamento, tentou contra a vida do empresário.

 

Kedson Silva | Especial RP

Serviços Repórter Parintins