Escola em Manaus abre atendimento psicológico, fonoaudiólogo e serviço social para comunidade

   Escola em Manaus abre atendimento psicológico, fonoaudiólogo e serviço social para comunidade Foto: Eduardo Cavalcante/SEDUC Notícia do dia 16/04/2018

Atendimento psicológico, fonoaudiológico e de serviço social a estudantes e seus familiares é uma iniciativa que vem ganhando reconhecimento na escola estadual Senador Manoel Severiano Nunes, localizada no bairro Alvorada, zona centro-oeste de Manaus.

 

Criado há um ano, o projeto “Parceiros da Escola” (PROPAE) é uma ação que se estende aos estudantes do ensino médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

 

O projeto tem como objetivo realizar atendimentos em situações que envolvam problemas motivacionais, conflitos familiares, baixo rendimento escolar, casos de bullying, entre outros.

 

Dalmir Salazar, que é gestor da unidade de ensino, explicou que o projeto tem tido excelentes resultados entre os estudantes e também nas famílias. “A sala de aula é apenas um reflexo. O problema não começa na escola, começa em casa. Nós nos unimos para enfrentar esses problemas. Nós paramos para resolver”, afirmou o gestor.

 

Identificação dos casos

Salazar informou ainda que no projeto atuam psicólogos da escola e voluntários da comunidade. Além disso, professores e pedagogos fazem um trabalho de identificação dos estudantes que estão passando por problemas, para que possam ser encaminhados aos profissionais e recebam auxílio adequado.

 

A divulgação do projeto também é feita nas reuniões de pais, além dos alunos que se manifestam de forma espontânea.

 

Além dos atendimentos na escola, os alunos e os pais também têm acesso a palestras envolvendo temáticas que podem ter influência sobre a vida e o desempenho escolar dos jovens.

 

Ainda de acordo com o gestor, o projeto tem ajudado também a reduzir os índices de evasão escolar, já que muitos alunos que não estavam frequentando as aulas por estarem enfrentando algum problema passaram a ser identificados e muitos casos foram revertidos.

 

Administrada pela Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC), a escola estadual Manoel Severiano Nunes é responsável pelo atendimento a 1.900 estudantes neste ano de 2018.

Serviços Repórter Parintins fevereiro 2018