Parintins sofre onda de ataques; prédios públicos e viatura da PM são alvos de facção criminosa

Parintins sofre onda de ataques; prédios públicos e viatura da PM são alvos de facção criminosa Foto: Divulgação PM Notícia do dia 06/06/2021

A Polícia Militar de Parintins investiga ação criminosa sincronizada na madrugada de domingo, 6 de junho, que incendiou seis alvos, incluindo uma viatura da Polícia Militar que estava em uma oficina no bairro Santa Rita de Cássia.

 

De acordo com o comandante do 11º Batalhão Tupinambarana, tenente-coronel Corrêa Júnior, foram registrados cinco alvos incendiados em pontos diversos de Parintins, um em Vila Amazônia e vários em Manaus.

 

Houve ainda ataques a ônibus na Rua 11 do bairro Paulo Corrêa, próximo a escola Irmã Sá, na escola Santa Luzia do Macurani e uma tentativa de incêndio a uma caminhonete na Rua 7 de setembro, bairro Palmares. Um evento parecido foi registrado na UBS Padre Francisco Luppino em Vila Amazônia.

 

Em Manaus, ônibus de diversas empresas foram incendiados em pontos diferentes da capital, sendo que a suspeita para os atos seria a morte de um traficante, líder da facção criminosa Comando Vermelho.

 

Na ação criminosa os bandidos utilizaram coquetel molotov, fabricado com garrafa e líquido inflamável, que foi jogado para o interior dos locais. 

 

O comandante do 11º BPM, tenente-coronel Corrêa Júnior, apesar de se encontrar em Manaus, acompanhou atentamente a ação da PM em Parintins.

 

“Com certeza faz parte de uma retaliação de alguma facção criminosa. A priori a facção que operação em Parintins é a Comando Vermelho”, comentou. 

 

Corrêa Júnior disse que uma pessoa, considerada suspeita, foi presa na ação empreendida após os ataques ocorridos em Parintins, tanto na zona urbana e rural.

 

“Nós conseguimos fazer a detenção de um cidadão que tentou incendiar a UBS em Vila Amazônia. Esse cidadão tem uma ficha criminal e é conhecido por participar da facção Comando Vermelho”, contou.

 

Uma segunda pessoa conseguiu escapar do cerco policial, mas o comandante afirma que a PM faz diligências para prender um dos suspeitos de participar da ação que resultou na tentativa de incendiar prédios públicos e veículos oficiais e particulares.

 

“Estamos em diligências para tentar capturar um dos suspeitos de tentar incendiar a UBS. Uma equipe foi deslocada até Vila Amazônia. Já puxamos a ficha dele, e realmente ele faz parte do Comando Vermelho”, completou o comandante do 11º BPM, tenente-coronel Corrêa Júnior.

 

Foto: Divulgação PM

 

Foto: Divulgação PM

 

Foto: Divulgação PM

 

Com informações do Site AM EM PAUTA.

Tags: