Governo do Amazonas lança dois editais da Lei Aldir Blanc

“Prêmio Equipa Cultura” e “Encontro das Artes” foram lançados nesta segunda-feira (23/11)

Governo do Amazonas lança dois editais da Lei Aldir Blanc Fotos: Michael Dantas Notícia do dia 24/11/2020

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, lançou, na segunda-feira (23/11), o “Prêmio Equipa Cultura”, para aquisição de bens visando atender a projetos artísticos, culturais e de economia criativa e solidária; e o “Prêmio Encontro das Artes”, voltado para projetos artísticos, culturais e de economia criativa e solidária no interior do estado.

 

Os editais fazem parte das ações emergenciais da Lei nº 14.017, a Lei Aldir Blanc – que repassou mais de R$ 38 milhões ao Governo do Amazonas para fomentar o setor da cadeia produtiva da cultura – e ficarão com inscrições abertas até o dia 7 de dezembro em cultura.am.gov.br.

 

As propostas de aquisição de bens devem apresentar a importância e os benefícios como o impacto a ser gerado nas atividades vinculadas ao setor cultural e artístico, nas áreas de artes visuais, circo, dança, teatro, audiovisual, música, literatura, artesanato, cultura afro-brasileira, cultura hip-hop, cultura popular e folclore, cultura indígena, design, patrimônio cultural material, cultura digital, moda, economia criativa e solidária, e área técnica.

 

Segundo o titular da pasta, Marcos Apolo Muniz, os valores destinados aos projetos do “Prêmio Equipa Cultura” variam de R$ 15 mil a R$ 35 mil; ao todo, serão repassados R$ 1 milhão aos contemplados neste edital.

 

Já para o “Prêmio Encontro das Artes”, ele explica que o recurso disponibilizado vai ser de R$ 6.350.000,00 (seis milhões, trezentos e cinquenta mil reais), para premiação de R$ 15 mil a R$ 70 mil para propostas e iniciativas culturais e artísticas no interior do Estado. O aporte deste edital é referente à reversão do recurso de 39 municípios que não tiveram acesso ao repasse do Governo Federal.

 

“Com os prêmios, o trabalhador da cultura vai poder se estruturar melhor para execução das atividades, porque vai fomentar a cadeia produtiva, com mais possibilidades de geração de emprego e renda”, afirma o secretário. “Nas ações para o interior, nosso objetivo é fazer com que as propostas dos municípios que não tiveram acesso ao recurso da Lei tenham prioridade por meio da pontuação extra para quem é residente do município”.

 

Os proponentes podem procurar esclarecimentos e orientação técnica para o preenchimento do Formulário Padrão na sede da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (avenida Sete de Setembro, 1.546, Centro), no setor de Assessoria de Planejamento, das 9h às 15h, em dias úteis, ou pelo telefone 3633-1880 e pelo e-mail [email protected]

 

Lei Aldir Blanc

A Lei nº 14.017 – conhecida como Lei Aldir Blanc – dispõe sobre ações emergenciais destinadas ao setor cultural e vai repassar R$ 3 bilhões para estados e municípios durante a pandemia, sendo resultado de uma construção coletiva e de mobilização que garantiram a aprovação no Congresso e sanção presidencial. Foi regulamentada por meio do Decreto nº 10.464, publicado no Diário Oficial da União (DOU) no dia 18 de agosto.

 

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, participou de todas as etapas desse processo e ficou responsável pela renda emergencial aos trabalhadores da cultura e pela elaboração e publicação de editais, chamadas públicas e outros instrumentos convocatórios. O repasse para as ações foi de R$ 38.145.611,98.

 

As atualizações da Lei Aldir Blanc estão disponíveis no Portal da Cultura, nas redes sociais da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (@culturadoam) e no aplicativo Cultura.AM.

 

Tags: