Com medidas que impedem católicos de ir ao cemitério no Dia de Finados, bispo orienta fazer homenagens em casa

Com medidas que impedem católicos de ir ao cemitério no Dia de Finados, bispo orienta fazer homenagens em casa Foto: Neudson Corrêa/Repórter Parintins/Arquivo Notícia do dia 14/10/2020

O bispo da Diocese de Parintins, dom Giuliano Frigeni, que também é um dos membros do Comitê Gestor de Combate ao Coronavírus, em entrevista ao Jornal da Alvorada, destacou as novas medidas adotadas pelos órgãos que estiveram reunidos ontem (13/10) no auditório do Centro do Idoso Pastor Lessa.

 

O Comitê Gestor, formado pela Prefeitura, Polícia Militar, Defensoria Púbica, Ministério Público e órgãos de saúde, decidiu pela prorrogação do decreto por mais 15 dias, mantendo uso obrigatório de máscaras, toque de recolher, de segunda a sábado, das 20h às 5h; e aos domingos, das 16h às 5h.

 

O novo decreto impõe também restrições à visitação da população ao Cemitério São José nos dias 1º (Dia de Todos os Santos) e 2 de novembro (Dia de Finados). Nessas datas os cristãos, principalmente os católicos, rendem homenagens aos entes queridos. Os serviços de reformas nos túmulos e mausoléus também estão suspensos.

 

O bispo pediu compreensão dos fieis católicos, pois as medidas visam proteger vidas e que as pessoas possam fazer suas homenagens em casa mesmo.

 

Ele espera que a pandemia termine para que a população possa fazer, no próximo ano, as homenagens como tradicionalmente acontece.

Tags: