Susam capacita profissionais do interior sobre sistema do SUS

Susam capacita profissionais do interior sobre sistema do SUS Foto: Rodrigo Santos/Susam Notícia do dia 12/08/2020

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) iniciou, nesta semana (10 a 14 de agosto), a capacitação de profissionais dos 61 municípios do interior, com foco na alimentação dos sistemas de informação do Ministério da Saúde (MS), de forma a minimizar as perdas financeiras.

 

Os treinamentos acontecem em três turmas e estão sendo realizados até sexta-feira no Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), no Instituto Benjamin Constant, Educandos e na sede do Complexo Regulador.

 

O secretário executivo de Atenção Especializada ao Interior (SEA Interior) da Susam, Cássio Espírito Santo, falou sobre a importância da formação que está sendo oferecida aos municípios.

 

“Nós fizemos esse curso para nos antecipar, considerando que a queda de recurso impacta muito, principalmente porque no interior só existem hospitais públicos, e a população é toda atendida nesses hospitais, não têm outras referências”.

 

De acordo com o secretário da SEA Interior, os municípios recebiam repasse do MS independentemente da produção, os chamados “tetos” financeiros, situação diferente a partir de agora.

 

“A partir da mudança do financiamento, os municípios vão receber somente o que produzem, vão acabar os tetos. Os limites financeiros de cada município não vão existir mais, nem o do Estado, e os nossos recebimentos do MS vão acontecer dependendo da produtividade”, explicou.

 

Treinamento

O Departamento de Controle e Avaliação (Decav) da Susam tem sido o responsável por realizar a capacitação para dois profissionais de cada um dos municípios. A técnica do Decav, Michelly Correia, é uma das profissionais que está treinando os servidores sobre o preenchimento das informações no sistema de tabela do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

“O objetivo é aumentar o Teto Financeiro de Média e Alta Complexidade (MAC) do nosso Estado e fazer com que os municípios tenham cada vez mais um melhor desempenho nas produções ambulatoriais e hospitalares”, esclareceu.

 

Para o gestor de sistema de informação do município de Itacoatiara, Marcelo Saraiva, a capacitação será disseminada para os demais servidores, a fim de realizar um registro mais eficaz dos sistemas. “É de suma importância para o município de Itacoatiara e os demais municípios, uma vez que nós iremos nos preocupar, agora, com o registro mais eficaz dos procedimentos, tomando cuidado para não ter nenhum tipo de glosa”, disse.

 

O subsecretário de Santo Antônio do Içá, Jairo Rabelo do Nascimento, destacou o trabalho do Estado em treinar os profissionais. “Isso dá uma oportunidade de que cada um de nós possamos colaborar naquilo que o Estado oferece, que é se aperfeiçoar cada vez”, afirmou.

 

Tags:
-->