Suframa participa de reunião do Codam que aprovou R$ 631 mi em investimentos

Superintendente de Operações, que representou a Autarquia, destacou o trabalho que a Suframa vem desempenhando em prol do desenvolvimento de toda a sua área de abrangência

Suframa participa de reunião do Codam que aprovou R$ 631 mi em investimentos Foto: Divulgação/SUFRAMA Notícia do dia 22/10/2019

Nesta terça-feira (22), foi a realizada a 282ª reunião do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam), no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), que aprovou 31 projetos com investimento total de R$ 631,9 milhões e previsão de 1.597 empregos. A Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), que possui assento no Conselho, foi representada, na ocasião, pelo superintendente adjunto de Operações, Luciano Tavares.

 

Em seu pronunciamento, Tavares destacou o trabalho que a Suframa vem desempenhando em prol do desenvolvimento não somente do Amazonas, mas de toda a sua área de abrangência (que envolve os Estados do Acre, Roraima, Rondônia e as cidade de Macapá e Santana, no Amapá). “O superintendente Alfredo Menezes se encontra junto à comitiva presidencial na Ásia, que hoje está no Japão, exatamente no sentido de trazer novos negócios e investimentos para a região”, explicou.

 

Tavares também afirmou que, durante a viagem, Menezes anunciou que o presidente da República, Jair Bolsonaro, já confirmou a vinda para a primeira Feira de Sustentabilidade do Polo Industrial de Manaus (fesPIM), que ocorrerá entre os dias 27 a 29 de novembro, no Studio 5 Centro de Convenções. “O presidente deve pernoitar em Manaus de 26 para 27, justamente para fazer a abertura da Feira”, destacou.

 

Outro ponto colocado pelo superintendente adjunto foi o início das operações do novo Sistema de Ingresso de Mercadoria Nacional (SIMNAC), nessa segunda-feira (21). “Ontem o sistema entrou em vigor e funcionou normalmente durante o dia, mas ao final do dia deu uma instabilidade e nós já estamos buscando restabelecer a normalidade. Já tenho informações que são problemas na base do Serpro, mas estamos com equipes de prontidão para atender de imediato todas as demandas para que não haja qualquer impacto aos negócios”, ressaltou.

 

Fonte: Superintendência da Zona Franca de Manaus

Tags: