Moradores da RDS do Rio Negro são habilitados para conduzir embarcações na categoria Arrais Amador

Ação fortalece as cadeias produtivas na região, regularizando os comunitários

Moradores da RDS do Rio Negro são habilitados para conduzir embarcações na categoria Arrais Amador Foto: Divulgação/ Sema Notícia do dia 21/10/2019

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), em parceria com a Marinha do Brasil (MB), por intermédio da Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental (CFAOC), habilitou 37 comunitários da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Rio Negro para condução de embarcações na categoria Arrais Amador. Com a certificação, os piloteiros que trabalham na Unidade de Conservação poderão atuar de maneira regularizada, fortalecendo a geração de renda na região. A entrega das carteiras foi realizada no sábado (19/10), na região do Lago do Acajatuba, no município de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus).

 

Promovida pela Sema e executada pela Marinha, a formação dos comunitários foi realizada pela escola Náutica Tarumã. Na ocasião, 29 comunitários compareceram a entrega dos certificados e recebimento das carteiras. De acordo com o secretário estadual de Meio Ambiente, Eduardo Taveira, o objetivo da formação é levar o conhecimento das boas práticas de navegação e melhorar a qualidade de vida dos profissionais que atuam com o turismo de base comunitária.

 

“Esta ação proporciona para os comunitários a oportunidade de trabalharem de forma regularizada e segura com turismo da pesca esportiva, por exemplo. É a chance de capacitarmos os moradores e gerar renda de maneira sustentável, além de fortalecer as cadeias produtivas da região. Todos os que receberam a certificação já possuíam o conhecimento de navegação prática; agora, eles receberam uma habilitação que garante a execução da pilotagem de forma segura”, destacou Taveira.

 

A habilitação de Arrais Amador tem o objetivo de fortalecer as duas cadeias produtivas de maior impacto na RDS do Rio Negro: turismo de base comunitária e pesca. Com a carteira, os comunitários poderão atuar no transporte de turistas, familiares ou na locomoção própria para pesca de subsistência.

 

O curso contou com apoio do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), TVLar Motos, TVLar Náutica, Yamaha, Ecolazer, Torneio de Pesca Esportiva Amigos do Tarumã, Escola Náutica Tarumã e Capitania Naval da Amazônia Ocidental.

 

Curso de Arrais Amador 

O curso de formação com os comunitários da RDS do Rio Negro iniciou em março de 2019. A atividade foi promovida pela Sema com o objetivo de emitir a certificação náutica para os moradores da região que trabalham com a pilotagem no turismo de base comunitária. A capacitação envolveu aulas teóricas e práticas, com a instrução das leis de trânsito no rio, primeiros socorros, condução de barcos a remo, vela ou motor.

 

Tags: