Banner Droga Mais

Susam publica nota sobre manifestação de servidores em Parintins, depois de matéria no RP

A Susam, por meio do secretário Francisco Deodato, assegura que os benefícios para os trabalhadores da saúde também serão para os profissionais do interior

Susam publica nota sobre manifestação de servidores em Parintins, depois de matéria no RP Foto: Marcondes Maciel Notícia do dia 12/03/2018

A assessoria da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), ao tomar conhecimento, por meio de matéria do Repórter Parintins, do ato de protesto de um grupo de servidores em Parintins, entrou em contato com a redação da empresa para publicar nota sobre o assunto, na tarde de segunda-feira, 12 de março.

 

De acordo com a nota, o Governo do Estado está aberto para discutir com os representantes da categoria em uma Mesa Estadual de Negociação Permanente. A Susam, por meio do secretário Francisco Deodato, que é parintinense, assegura que os benefícios para os trabalhadores da saúde também serão para os profissionais do interior.

 

Veja a nota, na íntegra:

 

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) informa que o secretário Francisco Deodato reuniu-se com os sindicatos que representam os servidores da área, na manhã desta segunda-feira (12), para dar prosseguimento à retomada da Mesa Estadual de Negociação Permanente do SUS.

 

Os representantes presentes decidiram, por decisão unânime, que terão início na quinta-feira (15) os trabalhos da Mesa sobre a composição da data-base da categoria.

 

A Mesa de Negociação é um instrumento nacional no qual serão discutidas as bases do reajuste que será concedido em maio, na data base da categoria, bem como a retomada do Plano de Cargos Carreiras e Remuneração (PCCR), que está parado desde 2010.

 

O calendário já foi aprovado nas reuniões passadas, sendo março o prazo para a instalação oficial da mesa e abril para as discussões.

 

Desde que assumiu, em outubro, o governo garantiu que voltará a fazer a correção na data base.

 

O último reajuste da categoria foi em 2014. Desde então, a mesa foi dissolvida e agora está sendo retomada.

 

A Susam ressalta que a volta, em fevereiro, do auxílio alimentação, suspenso em 2016, e agora estendido a todos os servidores, inclusive aos do interior, que nunca receberam o benefício, foi um gesto de demonstração de que a atual gestão valoriza e reconhece a importância dos servidores no processo de reconstrução da saúde do estado.

 

LEIA TAMBÉM:SERVIDORES DA SUSAM EM PARINTINS PROTESTAM CONTRA PERDAS SALARIAIS E POR MELHORIAS DE TRABALHO

 

Marcondes Maciel | Repórter Parintins