Alegoria do artista Antônio Cansanção dá show no Sambódromo do Anhembi

Alegoria do artista Antônio Cansanção dá show no Sambódromo do Anhembi Foto: Divulgação/Sasp.com Notícia do dia 06/02/2016

A Unidos de Vila Maria foi a segunda escola a desfilar na sexta-feira de carnaval e trouxe todo luxo e brilho para homenagear Ilha Bela com o enredo: “A Vila Famosa é Mais Bela, Ilha Bela das Maravilhas”, a agremiação teve uma ótima harmonia e terminou seu desfile em uma hora e quatro minutos, dentro do limite de tempo estabelecido pelo regulamento.

 

Com alegorias altas e com movimentos em suas esculturas a Vila Maria trouxe carros muito altos. Todos com componentes vestidos com fantasias luxuosas e seus elementos bem acabados o destaque foi para o segundo carro que representava a tradição dos primeiros habitantes da Ilha e trouxe em sua base frontal dois enormes calangos, os dois com movimentos e com cores fortes e vivas.

 

Essa alegoria leva a assinatura do artista parintinense Antônio Cansanção. No ano passado ele foi um dos responsáveis pelo setor estrutural das alegorias do boi Garantido.

 

Comissão de Frente

Representando o encontro de Portugueses e Piratas em Ilha Bela, a comissão de frente fez sua parte e apresentou a Unidos de Vila Maria no desfile. Contando com três elementos alegóricos a comissão levantou as arquibancadas, dentro dos três elementos, que eram barris piratas apareciam e arremessavam nas arquibancadas réplicas de moedas de ouro. O sincronismo e o entrosamento foi o ponto forte da comissão da Vila.

 

Mestre-Sala e Porta-Bandeira

O primeiro casal de Mestre Sala e Porta-Bandeira da Unidos de Vila Maria Laís Moreira e Edgar Carobina fez seu desfile dentro da tradicional ala das baianas e suas fantasias luxuosas chamaram a atenção. Entrosados e cumprindo todos os requisitos do julgamento pedido pela LIGA a passagem do primeiro casal foi tecnicamente correta.

 

Bateria e Samba

A bateria “Cadência da Vila” comandada por Mestre Moleza teve um ótimo andamento e junto ao samba de composição de Dudu Nobre, presença no carro de som da agremiação, arrepiou e levantou os componentes da escola e o público das arquibancadas.

 

Evolução e Harmonia

A Evolução e Harmonia da Vila Maria fora tecnicamente perfeitas. Sem buracos, espaçamento entre as alas e entre seus carros, a harmonia comandada por Demis Roberto que veio no primeiro setor da escola foi o destaque e fez com que a Vila encerrasse o seu desfile dentro do limite de tempo e sem espaçamentos.

 

Fantasias

De acordo com a jornalista Beatriz Marinho, do site Sasp.com.br, a Vila Maria trouxe suas fantasias para o desfile oficial com todo e luxo e brilho que um desfile campeão pede. Acabamentos e detalhes foram essenciais e a agremiação teve todo o cuidado com eles.

 

Tags: