Após 24 anos, Xavi confirma adeus ao Barça e promete volta em outra função

Meia anuncia, aos 35 anos, que deixará o time onde foi formado e atuou em toda sua carreira para jogar no Al Sadd, do Qatar. Depois, estudará para se tornar treinador

Noticia Atualizada em 21/05/2015
Após 24 anos, Xavi confirma adeus ao Barça e promete volta em outra função
Foto: Divulgação

Começou nesta quinta-feira o adeus de Xavi. O jogador anunciou em entrevista coletiva que deixará o Barcelona para jogar no Al Sadd do Qatar, ao final desta temporada, que está a três jogos de terminar. A difícil decisão encerra um ciclo de 24 anos do veterano no Camp Nou, onde chegou ainda criança, foi formado e se tornou um dos astros do futebol mundial. Emocionado, o meia prometeu retornar em outra função no futuro.

 

- É uma decisão definitiva. Não foi fácil. Tive o consentimento de minha família, minha esposa. Nesta temporada eu tive menos minutos, menos oportunidades. Chegou o momento de sair. Custa muito tomar essa decisão. Preciso mudar os ares com a minha família. Tenho um projeto para continuar a jogar. Já fiz um contrato com o Al Sadd por duas temporadas e opção de uma mais. Também vou ser embaixador do país no Mundial (de 2022) e me formar como treinador. Quando parar, quero seguir no futebol. Meu objetivo principal é voltar ao Barcelona, seja como treinador ou diretor. Minha casa é aqui - disse.

 

Não era a vontade do Barcelona perder Xavi neste momento, e o clube chegou a oferecer uma extensão de contrato ao meia, mas o espírito competitivo do jogador falou mais alto. Dono de 23 títulos com o Barça - oito ligas contando com a conquistada no último final de semana - ele não se conformou com seu papel no time de Luis Enrique ao longo deste ano. Aos 35 anos, ele possui mais um ano de contrato, mas entrou em acordo com o clube e saíra antes do previsto.

 

- Quero agradecer ao clube, que confiou em mim. Nas últimas semanas, me ofereceram a renovação até 2018, mas a decisão estava tomada. Quero agradecer o apoio da torcida e espero não decepcionar ninguém. Será complicado não vestir a camisa do Barça. Não queria que chegasse este momento, mas entendo que é a hora de ir - afirmou Xavi, que revelou ter escondido da mãe a oferta de renovação, já que ela é fanática pelo Barcelona.

 

Na atual temporada, Xavi atuou 41 vezes, dos 57 jogos disputados pelo time, mas só 20 vezes começou como titular. Os números são inexpressivos para um jogador que fez história por 17 anos com a camisa blaugrana: apenas dois gols, contra Getafe e Eibar, e nove assistências - todas na Liga e contra equipes menores.

 

A busca por novos desafios é o principal combustível da decisão de Xavi. O meia leva junto para o Qatar os irmãos Oscar, Alex e Ariadna, que estão envolvidos em um projeto de categorias de base do novo clube. O veterano afirmou que conversou com Raúl González sobre o Catar e pretende falar do assunto com Guardiola, que também esteve no país.

 

Catalão, de Terrassa, e um dos maiores ídolos da história do Barcelona, ele receberá uma série de homenagens do clube. A começar no próximo sábado, no jogo contra o Deportivo La Coruña. Xavi receberá o troféu da Liga, conquistada na semana passada. O Camp Nou fará um mosaico com os dizeres "Gràcies Xavi" ("obrigado, Xavi", em catalão), e um vídeo com seus melhores momentos será exibido no telão.

 

Ainda está no plano um ato oficial no dia 3 de junho, antes de seu último jogo, como o feito pelo Barcelona para Puyol, que se despediu no final da temporada passada. O adeus definitivo será na final da Liga dos Campeões da Europa, competição que ganhou três vezes, no dia 6 de junho, em Berlim, contra o Juventus.

 

- Não poderia ter carreira melhor. Sou muito feliz de como rendi, não deixei nada. Só falta conseguir os dois troféus que faltam. A torcida me tratou de forma incrível. Não poderia pedir mais, fui imensamente feliz. Agora, tenho um projeto muito animador no Catar, com minha família. No futuro, quero estar aqui no Barça.

 

Fonte:G1


Enquete

As perspectivas do parintinense para o fim de ano com relação a economia?

Aguarde...

Resultado
As perspectivas do parintinense para o fim de ano com relação a economia?
São ótimas

11 (18%)

São boas

14 (23%)

São razoáveis

37 (60%)

Total de 62 votos

Voltar

Galeria de Fotos

A notícia além do fato