Notas falsas em Parintins são resultantes de atuação de criminosos no Festival Folclórico 

O Centro de Operações registrou dois casos de cédulas irregularidades no comércio parintinenense

Notas falsas em Parintins são resultantes de atuação de criminosos no Festival Folclórico  Foto: Marcondes Maciel Notícia do dia 02/08/2022

O comandante do 11 Batalhão da Policia Militar de Parintins, Major Leandro Nogueira, informou nesta terça-feira, 02, que as notas falsas encontradas este final de semana ainda são resultantes da ação de criminosos no Festival Folclórico 2022. O Centro de Operações registrou dois casos de cédulas irregularidades no comércio parintinenense. 

 

De acordo com Major Leandro, o Festival Folclórico também atrai quadrilhas e criminosos que usam a grande movimentação de recursos e pessoas para infiltrarem as cédulas falsas. “O festival ocorreu há pouco tempo. Então, foi um grande evento e é característico dos grandes eventos ocorrer essa vinda de notas falsas também. Então, não foi diferente aqui. A gente pede que a população fique atenta. Fique alerta”, destacou.

 

O comandante revelou como aconteceu um dos casos e as circunstâncias que normalmente acontecem o crime. “Um indivíduo, pelo que nós temos a informação, ele pediu pra que um outro fosse comprar algo pra ele. Então, a gente pede que o pessoal fique atento a isso. Se alguém entregar cem reais e pedir pra comprar alguma coisa, tome cuidado que isso aí pode ser pode ser uma armação. Pode ser nota falsa”, disse.

 

O investigador da Polícia Civil, Heraldo Dantas, que acompanha o caso, informou que a atuação dos criminosos acontece, principalmente, no comércio com maior movimentação de público. “Essas duas notas que vieram parar aqui na delegacia foi uma tentativa de compra, porque logo os comerciantes desconfiaram. É uma nota muito grosseira. Ela parece sempre estar molhada, estar borrada. É uma nota que a gente vê logo que não é uma nota original. Então, só tem que prestar atenção, porque às vezes tem muita gente pra atender e o cara na pressa termina aceitando. Mas, a falta de atenção é que dá essa situação”, relatou.

 

As notas falsas foram aprensentadas na Delegacia Interativa de Polícia (DIP/Parintins). Uma pessoa foi detida pela PM e as investigações seguem no comando da Policia Civil.


Eldiney Alcântara

Tags: